domingo, 2 de maio de 2010

Homenagem aos Novos Candangos - 1º de Maio



Aos inconformados

Aos dignos indignados
Aos que ousaram lutar, não sem temer,
Mas ousaram.

Não sem perder,
Não sem ter famílias,
Não indolor,
Mas lutaram.

Em nossa homenagem
O dia primeiro de maio, construtores!
Em nossa homenagem
O aniversário da cidade-mãe que estamos a reconstruir!
Em nossa homenagem
O dia dezoito de maio, pela violência imoral e covarde da polícia à qual sobrevivemos!
Em nossa homenagem
O dezoito de maio, pelos delírios e a loucura de achar que a imensa corrupção poderia ruir!

Aos novos candangos
O suspiro esperançoso de um país
Que, embora, não esteja liberto
Sabe que pode contar com o amor rebelde de seus filhos
Quanto trabalho! Quanto suor!
Lágrimas! E ainda quanto sangue!
Numa obra deveras monumental
A implosão das pútridas obras de corrupção
E a edificação da cidade liberta.


Ortegal






Nesse 1º de Maio, homenagem aos que trabalham na construção de uma outra Brasília

Parabéns aos Novos Candangos!

6 comentários:

ortegal disse...

Às Novas Candangas e às demais mulheres que acompanham o Carta, eu queiro deixar mais claro do já esteja, que tudo está no masculino por uma questão de estilo. Infelizmente, mais de 90% das palavras que englobam as totalidades estão no masculino, e é muito difícil a saída pra isso. Sintam-se mais que contempladas aqui no Carta!

beijos.

cuca disse...

Ah tá, já ia comentar isso aqui!
HAN!

muito bem lembrado esse dia por esse viés. o trabalho deve estar aliado à luta e à mudança. abaixo o trabalho que rouba e massacra nossas energias e nossos sonhos.

Às trabalhadoras, às filhas, às lutadoras e às demais mulheres que ao lado dos homens constroem uma nova cidade, lutando por um novo tempo.

(Eurides Brito - você não é mulher. nem sequer merece ser comparada a uma bruxa)

ortegal disse...

Políticos corruptos: deixa o povo trabalhar!

ortegal disse...

Só informando, o dia 18 de maio é o dia do combate à exploração sexual infantil, e é também o dia da luta antimanicomial.

=]

Fuckin'Jay disse...

essa poesia vc pegou uma inspiraçãozinha ai daquela q te mandei, pegou não?!
huahuaha

ortegal disse...

Po Jonas!

Eu queria escrever algo com esse objetivo. Não ia escrever um poema, mas quando senti aquele veneninho poético, deu vazão.

Mas agradeço a você. Acho que a vazão foi ter lido aqueles versos de encher o coração que você me mostrou um dia!

abraço!

 
Free counter and web stats