quarta-feira, 10 de março de 2010

Entrevista com Sra Arruda e Fraga

Consegui o e-mail da Sra Arruda, esposa do governador preso, e do deputado Fraga, um policial durão, amigo pessoal do detento. Fui atrás porque achei as perguntas respondidas até agora nas entrevistas muito água com açúcar. Principalmente a que saiu ontem. Resolvi preparar um roteiro de entrevista para a Sra Arruda e Fraga, para que a gente possa entender melhor a situação. Eis o roteiro. >)


Fraga: se for comprovado que Arruda é mesmo um bandido de marca maior, você promete ser durão com ele como defende que o Estado trate os que cometem crimes? Todos sabemos que você é do tipo “todo bandido é safado e tem que mofar na cedia”. Você não acha que a PF tá luxuosa de mais pra ele não? Ele tem até almoço exclusivo todo dia!



Falando em almoço exclusivo, Sra Arruda, eu estava me lembrando que, segundo a nossa Constituição, todos são iguais perante a lei. Mas eu e você sabemos que Arruda tem recebido um almocinho exclusivo que ouvi dizer que é tão caro que tá sendo aberta aí até a operação “PF x PF”, pois a Polícia Federal tá querendo investigar de onde tá saindo o dinheiro que paga esse prato feito que o detento Arruda tá comendo. Mas se é só ele que recebe esse privilégio, então o que você acha que devemos fazer pra cumprir a lei: A gente libera as esposas dos outros detentos do DF a levarem a comida pra cada um, ou Arruda passa a comer a “xêpa” servida lá no presídio Cascavel?


Eu não sei afirmar com certeza, mas eu acho que a Sra visita o detento todos dias, não é? Na verdade, o Arruda recebe tanta visita que aquilo ali tá virando “A cela mais vigiada do Brasil”, um verdadeiro Big Arruda Brasil. Mas isso não muda a Constituição, e eu faço a mesma pergunta que fiz acima: vamos liberar pros demais detentos do DF ou seu marido só vai começar a te ver uma vez por final de semana?


É... o que eu to vendo é que tem um detento no DF que tá cheinho de privilégios. E ainda tá querendo fisioterapia!? Mas como nós vamos fazer com a reputação do DF e do Brasil, de sermos uns dos que tratam da pior forma os seus presos? Aliás, essa era uma boa hora para os políticos começarem a rever esse trato aos detentos, pois essa história toda mostrou que se bobear eles pegam um belo de um cadeião também, você concorda?


E a proposta de liberar o Arruda para se inscrever na fisioterapia do Hospital de Base? Mas sem QI (quem indica). Talvez ele iria gostar, afinal, essa é a saúde que ele vem oferecendo ao povo do DF, povo que ele diz amar, mesmo nos dando esse presente de grego.



E você, Fraga, o que acha de todas essas regalias para quem hoje responde por atrapalhar as investigações logo da polícia, tentativa de suborno, falsidade ideológica, crime eleitoral, além de estar atolado de evidências que comprovam o típico cirme de Robbin Hood invertido, quer dizer, pega do pobre pagador de impostos, para dar aos ricos sonegadores? Você não pensa que se deva endurecer com ele, como você pensa quando fala da maioridade penal, das regalias de bandidos, etc.?

Sra Arruda, na sua entrevista, você mencionou que a filha de Arruda está sentindo a falta do pai, e que a família ficou abalada. Lamento a situação da criança, acredito que ela não deve ter nenhum envolvimento nos atos de vandalismo do pai, e agora sofre sofre sua ausência. Será que Arruda, que hoje sente esse brusco afastamento, sabe que a realidade dos 400000 detentos desse país é a mesma? Se sim, então por que tem reforçado a polícia que prende, enquanto põe em frangalhos o acesso a saúde, educação e assistência social? No caso de vocês é menos pior – vocês são milionários. Mas diga uma palavra de consolo ao adolescente que pode está triste, pois o pai está preso, mas que ainda por cima está a ver a mãe no desespero e o choro dos irmãos mais novos por simplesmente não ter um real pra comprar a comida ou pagar aluguel que já andava atrasado?




Pra finalizar, gostaria que vocês dissessem o que pensam sobre a seguinte pergunta: Sabemos que um ladrão que responde por assalto pode ficar anos mofando em uma cadeia superlotada, não tem nem cama muitas vezes, e o banheiro é aberto e no meio da cela, com visitas apenas nos finais de semana e almoço precário. Tendo em vista essa realidade, qual seria então a pena para alguém que assaltou milhões – e de milhões de pessoas?



O Carta Desmarcada agradece.

---

E você aí, tem alguma outra ideia de pergunta que possa ser feita aos parceiros do detento Arruda? Posta aí no comentários. Obrigado.

7 comentários:

cuca disse...

A-DO-REI!!!
hoehoehoehoe
Leo atacando de jornalista. Só achei que você pegou muito leve com as perguntas hein... Não ficou água com açúcar, mas ficou estilo mel na chupeta! hehehehe
Tinha que ter pegado mais pesado:

Sra Arruda, as visitas íntimas ocorrem nas dependências da PF ou rola um carrinho pelos fundos que vai ali pro setor de motéis?? A senhora aceitaria o convite de liderar a organização "Mulheres de presos", ou a senhora acha que ainda não se enquadra nesse "segmento"?

ah, essa ficou paia hehhehe
mandou bem!! agora só falta mandar para esses e-mails exclusivíssimos!!!

Fuckin'Jay disse...

Sr. Arruda, o sr. recebe visitas apenas da sra. sua esposa ou tem mais gente dando carrinho por trás do sr?
KKKKKK! por isso que eu sou expulso das comu! kkkk

andreia disse...

as visitas nos presídios do DF não são aos finais de semana. mas às quartas ou quintas e, tb, não são semanalmente, são quinzenalmente.

cuca disse...

informações interessantes esssas sobre as visitas. mas pq mesmo??

Diego disse...

Fala, mlk...conseguiu o e-mail da dona mesmo? ou foi só pra contextualizar?!

Marcelo Alves disse...

Manda uma aí:

Sra Arruda, Por que você sente pena do seu marido?

Por que pra um filho da puta desse tamanho dar pena só pode ser por que é cúmplice. Imagina o que a esposa do roriz não deve sentir. E quanto à sua pobre e infeliz filha, não se preocupe, o pai dela estar preso é um ótimo benefício. Imagina aí se ele ficasse impune... daqui a pouco ela tava se candidatando a deputada distrital.

ééé o passado é uma ótima escola kkkkkkk

Direita neo liberal que nunca muda, e a esquerda e centro esquerda com os valores corrompidos... política uma ova, politicagem.

ortegal disse...

Poxa, pessoal!

até agora eu só recebi um retorno:

cri cri, cri cri.. =P


Ah! E foi mal, mas as perguntas que vocês sugeriram estão pesadas demais! hahahaha não passou na censura do Carta, err.. digo, na Classificação Indicativa.

E obrigado Andréia pelo comentário. Obrigado por nos mostrar que a situação de Arruda é ainda mais complicada do que foi dito.

 
Free counter and web stats