segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Quem são vocês? Apresento-lhes o Movimento Pró-Corrupção

Eles não tem nome nem rosto. Não declaram de onde vieram, e não se sabe onde querem chegar. De longe é possível vê-los chegando aos montes: são periquitos? É a mancha verde? Não... é só a galerinha do Movimento Pró-Corrupção...

Alguns o chamam de Arrudistas, outros de Pró-Arruda. A mídia, por exemplo, oscila entre essas duas denominações. Mas vamos lá, acho que o papel do Carta Desmarcada é de fato desmarcar certas velhas cartas. É claro que é conveniente centralizar o atual drama distrital na figura de um homem. É mais fácil, pois sempre tem aqueles que gostam e não gostam de uma figura importante. Mas importante mesmo é deixar claro que a luta travada hoje no DF não gira em torno disso.

O movimento fora Arruda e toda a máfia não é exatamente contra ou a favor de ninguém. Apenas exige a saída imediata das pessoas que pegaram dinheiro imundo, roubaram, mentiram e outros crimes mais. O atual governador do DF é o grande ícone de tudo isso, seguido pelo seu vice e pelo presidente da Câmara Legislativa do DF. A queda de Arruda é quase como a queda do rei em um jogo xadrez. Quase... Na batalha da vida real, é necessário que cada um desses nomes seja derrubado também para a vitória completa. Mas não é contra estes ou contra aqueles que somos. Somos a favor do Povo. É que somos o próprio povo e todo e qualquer corrupto é também nosso opositor. Somos um movimento contra a Corrupção. As pessoas envolvidas com ela são apenas as rodas que a fazem girar sobre a nossa dignidade.

Por que o movimento contra a corrupção é fora Arruda? Ele é fora Arruda – e a máfia toda – por que eles são os vetores da corrupção. Se foi Arruda, Fora Arruda! Se foi P.O, Fora P.O! E se foi Roriz, Fora Roriz!

A questão não é o fulano. A questão é aquilo que é público. E em favor do que é público se levantaram mulheres e homens, trabalhadoras, desempregados, estudantes, religiosos, e todos aqueles que não se conformam com a absurda pilhagem do dinheiro de todos. E é em nome de todos a luta – inclusive dos coitados obrigados a marcharem em favor de corruptos.

O movimento contra Arruda é, na verdade, um movimento contrário à corrupção. Mas, assim sendo, o que significa então um movimento que é ‘Pró Arruda’!?

















E espero que tenham gostado da nova aparência do Carta. Independente da aparência, a essência do conteúdo permanece a mesma. Abraços.

2 comentários:

Kamilla disse...

Pois é leo... acho que a cruzada deles é mais pelo dinheiro que pelo Arruda. Deixa o homem trabalhar é tipo uma metáfora.

Na verdade, o pedido é "deixa o homem roubar". Afinal, ele rouba, mas faz.

ortegal disse...

http://www.youtube.com/watch?v=GbSG7-a7osU&feature=player_embedded

Olha só o naipe.

 
Free counter and web stats